O Porto do Funchal terminou a época baixa dos cruzeiros, com uma das melhores evoluções de sempre, que se traduz num total de 23 escalas, (+ 28% em relação ao período homologo de 2015) e 43381 passageiros, (+4% em comparação com o mesmo período do ano anterior).

Para este crescimento contribuíram as escalas semanais do “AIDAcara”.

Subida também nas variantes de embarques (79) e desembarques (729) que registaram um aumento percentual na ordem dos 41% e 800%, respetivamente.

O crescimento anormal no número de desembarques está diretamente relacionado com a avaria do “Black Watch”, ocorrida em julho, que determinou a interrupção forçada do cruzeiro no Porto do Funchal e o desembarque de todos os passageiros, tendo sido fretados pela companhia 3 aviões para garantir o seu regresso aos respetivos locais de origem.

 

FaLang translation system by Faboba