A suspensão até 31 de março, de todas as autorizações para a atracação de navios de cruzeiro e iates nos portos e marinas da região, salvaguardando situações de exceção devidamente fundamentadas, foi das primeiras medidas do Governo Regional da Madeira para conter a disseminação do novo coronavírus, chamado de Sars-Cov-2.

Nas situações de exceção controladas pela Autoridade de Saúde é garantido que não pode haver vindas a terra de passageiros ou tripulantes.

Leia as medidas do GR aqui e aqui

FaLang translation system by Faboba