A Reabilitação dos Cais da Ribeira Brava implica a proibição e condicionamento no acesso àquele cais.

Leia aqui o Edital

A Administração dos Portos da Madeira e o Clube Naval do Funchal assinaram hoje um protocolo de colaboração, no âmbito do projeto Ecotur Azul que tem por objetivo principal a valorização do potencial ecológico e turístico das áreas costeiras e marítimas, seguindo o modelo Odysseia, ao abrigo do Interreg Mac 2014-2020 que junta parceiros da Madeira (CNF), Açores e Canárias.

O protocolo prevê a cedência de um espaço na sala de desembarque da Gare Marítima da Madeira para a colocação de um monitor digital – totem – com informação turística sobre a Madeira, especialmente a cidade do Funchal, destinada aos turistas e tripulantes dos navios de cruzeiro.

Ao conteúdos informativos estão divididos em quatro escalas: náutica (portos, desportos aquáticos, praias e profissionais na área náutica), cultura (monumentos, museus e sítios turísticos), sabores (caves e produtores vinícolas, mercados municipais e feiras, produtores, artesãos e restaurantes) e natureza (caminhadas, espaços naturais, lazer e reservas naturais).

Está também disponível o itinerário Mar & Terra, onde é possível o utilizador realizar dois passeios de barco, um pela costa sul do Funchal e outro que abrange as ilhas Selvagens e as desertas.

Neste monitor pode ser encontrada informação sobre alojamento, eventos desportivos e culturais, bem como criar um caderno de viagem que dá a possibilidade de adicionar os locais a visitar e efetivamente visitados. Disponível para smartphones está um Qr Code em Português, Inglês, Espanhol e Francês que permite levar consigo toda a informação.

Há quatro totens instalados: na sede social do CNF, na Quinta Calaça, na Marina do Funchal, no Complexo Desportivo da Nazaré e agora, na Gare Marítima da Madeira.

 A Administração dos Portos da Madeira e o Clube Naval do Funchal assinaram hoje um protocolo de colaboração, no âmbito do projeto Ecotur Azul que tem por objetivo principal a valorização do potencial ecológico e turístico das áreas costeiras e marítimas, seguindo o modelo Odysseia, ao abrigo do Interreg Mac 2014-2020 que junta parceiros da Madeira (CNF), Açores e Canárias.

O protocolo prevê a cedência de um espaço na sala de desembarque da Gare Marítima da Madeira para a colocação de um monitor digital – totem – com informação turística sobre a Madeira, especialmente a cidade do Funchal, destinada aos turistas e tripulantes dos navios de cruzeiro.

Ao conteúdos informativos estão divididos em quatro escalas: náutica (portos, desportos aquáticos, praias e profissionais na área náutica), cultura (monumentos, museus e sítios turísticos), sabores (caves e produtores vinícolas, mercados municipais e feiras, produtores, artesãos e restaurantes) e natureza (caminhadas, espaços naturais, lazer e reservas naturais).

Está também disponível o itinerário Mar & Terra, onde é possível o utilizador realizar dois passeios de barco, um pela costa sul do Funchal e outro que abrange as ilhas Selvagens e as desertas.

Neste monitor pode ser encontrada informação sobre alojamento, eventos desportivos e culturais, bem como criar um caderno de viagem que dá a possibilidade de adicionar os locais a visitar e efetivamente visitados. Disponível para smartphones está um Qr Code em Português, Inglês, Espanhol e Francês que permite levar consigo toda a informação.

Há quatro totens instalados: na sede social do CNF, na Quinta Calaça, na Marina do Funchal, no Complexo Desportivo da Nazaré e agora, na Gare Marítima da Madeira.

Um pedido da Sociedade Netcriações - Publicidade e Internet, Lda. que requer a colocação de oito mupis, na área de jurisdição da APRAM, leva esta Administração a convidar eventuais interessados a apresentar pedidos idênticos no prazo de 30 dias.

Ver Edital aqui

Está proibida a circulação de pessoas e bens na área do varadouro do Paul do Mar, onde hoje, dia 2 de julho, começaram as obras de remodelação daquele espaço, por um prazo de 120 dias.

Veja o Edital aqui

A reabilitação da fachada poente em alvenarias de pedra do Forte de Nossa Senhora da Conceição no Porto do Funchal exige o encerramento parcial da faixa norte da estrada da pontinha, (túnel à entrada do porto e no acesso ao edifício, junto à gare da Porto Santo Line) por razões de segurança. 

A APRAM detetou a queda de algumas pedras e no imediato, tratou do lançamento dos procedimentos necessários, de forma a colocar com urgência a empreitada no terreno. 

A fachada em alvenaria de pedra vai ser submetida a um processo de desmatação e remoção de materiais vegetais e posteriormente, serão feitos os trabalhos de reparação e reabilitação das juntas entre pedras, “de modo a evitar os problemas de queda de pedras dos elementos que formam parte da referida alvenaria”, preservando e salvaguardando “a integridade física dos utilizados do Porto do Funchal,” refere a memória descritiva desta empreitada.

 Os trabalhos de reabilitação da responsabilidade da  empresa “ETERMAR – Engenharia e Construção, S.A.” preveem a aplicação de uma argamassa à base de cal, para restituir as juntas entre pedras e dar a sustentação necessária aos blocos de pedra. 

Calcula-se que esta obra demore 60 dias a concluir-se e representa um investimento da APRAM perto dos 40 mil euros.

FaLang translation system by Faboba